GSF reúne 80 associados em encontro com Romildo na Arena

A quarta-feira 20 de fevereiro de 2019 entra definitivamente para a história do Grêmio Sem Fronteiras. No auditório do Conselho Deliberativo na Arena, o maior grupo político do Grêmio fez valer sua expressividade e, com aproximadamente 80 associados, compareceu a um encontro com o presidente Romildo Bolzan.

Acompanhado à mesa pelo chefe de gabinete Marco Bobsin e pelos representantes do GSF, João Luís Maino, Cláudio Oderich e Robeson Canal, o primeiro mandatário do clube explanou aos presentes sobre o contexto tricolor para 2019, destacando sobretudo a maturidade política alcançada pelo clube nos últimos anos. Ao reforçar a importância dos entendimentos estabelecidos entre os diversos movimentos, Romildo salientou o papel fundamental de sustentação à Gestão exercido pelo GSF.

– Sou grato e reconhecido pela contribuição dedicada do Sem Fronteiras, que dispões de muitas responsabilidades dentro do clube. É um grupo que tem o sangue azul do gremismo correndo nas veias.

Em complemento, Maino sublinhou um dos pensamentos que norteia a atuação do GSF na vida político-administrativa da instituição.

– Sempre dizemos que o GSF é uma família, mas nossa bandeira maior é o Grêmio – disse o presidente do grupo.

A assembleia estendeu-se por quase uma hora, e dentre as dezenas de associados, contou com 35 representações consulares e 10 diretorias regionais na plateia.

– O Sem Fronteiras demonstra sua importância na força que conseguiu articular nestes 10 anos de existência, completados em 2018. Somos mais de 250 pessoas e hoje realizamos uma de nossas reuniões mais históricas – finalizou Canal, um dos diretores.

Em meados de março, o GSF reúne-se novamente para nova edição do Encontro de Verão, a ser realizado no Litoral Norte gaúcho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *